Anuncie no TUDO À MÃO. Ligue: (15) 3224 4123ASSINE O DIÁRIO. LIGUE: (15) 3224 4123
 
 
 
Ultima Edição:
26/11/2014
Outras Edições
publicado em: 06/06/2012 às 19h29:
Dois terços dos brasileiros não sabem o que é consumo sustentável
 
Texto:
 
 
De acordo com a constatação, um terço acha que consumo sustentável significa evitar desperdício de água e energia, enquanto que 9% acreditam que se trata de consumir produtos que façam bem à saúde e 3% que seja comprar produtos mais baratos. Entre aqueles que disseram saber do que se trata, 54% disseram que consumo sustentável é consumir produtos que não agridam o meio ambiente nem a saúde humana.

A pesquisa mostrou que 81% dos brasileiros ficariam motivados para comprar produtos cultivados organicamente e 85% para adquirir produtos fabricados de forma ambientalmente correta. Mas não faria diferença para 14% das pessoas comprar produtos orgânicos ou, para 12%, adquirir produtos ambientalmente corretos.
Sobre a coleta seletiva de resíduos, a pesquisa constatou que 52% dos entrevistados disseram não fazer separação de lixo em suas casas para reciclagem. Um número muito maior (86%) de brasileiros, no entanto, entende que separar o lixo pode ajudar na proteção do meio ambiente.

Os brasileiros também disseram ter conhecimento de outras medidas importantes para ajudar na proteção do ambiente: reduzir o consumo de energia elétrica (61% dos brasileiros), eliminar o desperdício de água (58%), reduzir o consumo de gás em casa (22%) e participar de mutirões de reflorestamento ou limpeza (15%) entre outros.
 
A sondagem ainda mostrou que 63% dos brasileiros dizem economizar bastante água, 29% adotam algumas medidas para reduzir o consumo de água e 6% pretendem fazer economia desse bem. A pesquisa O Que o Brasileiro Pensa do Meio Ambiente e do Consumo Sustentável foi realizada pelo instituto CP2 em abril deste ano.

Preocupação com o meio ambiente

Aproximadamente 13% dos brasileiros dizem ter preocupação com o meio ambiente. O percentual é mais do que o dobro do registrado há seis anos (6%). De acordo com o levantamento, o meio ambiente está em sexto lugar na lista de preocupações dos brasileiros, ficando atrás de saúde/hospitais (81%), violência/criminalidade (65%), desemprego (34%), educação (32%) e políticos (23%). Há seis anos, o meio ambiente aparecia na 12ª colocação, à frente apenas de reforma agrária e dívida externa. Em 1992, ano da primeira pesquisa, o tema era sequer citado.

"Isso é resultado de um maior acesso à informação. Mas o meio ambiente também é visto como problema, e não como uma oportunidade", disse a ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira.

O principal problema ambiental citado pelos brasileiros é, desde a primeira pesquisa, o desmatamento de florestas (neste ano, com 67%). Outros principais problemas são a poluição de rios e lagoas (47%), a poluição do ar (36%), o aumento do volume do lixo (28%), o desperdício de água (10%), a camada de ozônio (9%) e mudanças do clima (6%).

Também são citados como problemas: extinção de animais/plantas (6%), falta de saneamento (3%), poluição por fertilizantes (3%), consumo exagerado de sacolas plásticas (3%) e falta de conscientização ambiental da população (2%).

Rio+20 e o desconhecimento

A menos de duas semanas para o início da Conferência da ONU Rio+20, 78% dos brasileiros afirmaram nunca terem ouvido falar sobre o evento. De acordo com a mesma pesquisa, 53% dos entrevistados nunca tinham ouvido falar sobre o termo desenvolvimento sustentável, tema da conferência que reunirá uma centena de chefes de Estado e de Governos nos próximos dias 20, 21 e 22, no Rio de Janeiro. 

A Rio+20 será realizada 20 anos depois da Cúpula da Terra de 1992, que sentou as bases do desenvolvimento sustentável e também foi realizada no Rio de Janeiro.

 
 
 
 
voltar  
     
 
Diário de Sorocaba no Twitter