Anuncie no TUDO À MÃO. Ligue: (15) 3224 4123ASSINE O DIÁRIO. LIGUE: (15) 3224 4123
 
 
 
Ultima Edição:
31/8/2014
Outras Edições
 
publicado em: 27/06/2013 às 02h29:
Governo estuda baixar juros do Banco do Povo Paulista
Secretário de Estado de Emprego e Relaçöes do Trabalho veio a Sorocaba para comemorações do 13º aniversário da Unidade local
 
Texto:
 
 

Evento de comemoraçäo dos 13 anos do Banco do Povo Paulista em Sorocaba reuniu empresários que já obtiveram empréstimo e autoridades governamentais (Foto: Fernando Rezende)
 
 
Na solenidade realizada na Universidade do Trabalhador Empreendedor e Negócios (Uniten), em Vila Baräo, que marcou o encerramento do 4º Mutirão Municipal do Microcrédito, 13 anos de atuação do Banco do Povo Paulista (BPP) em Sorocaba e lançamento da Escola do Empreendedor Paulista na cidade, o secretário de Estado de Emprego e Relações do Trabalho, Carlos Andreu Ortiz (PDT), afirmou que junto ao governador Geraldo Alckmin (PSDB) levantou a proposta de diminuir a taxa de juros do Banco, que hoje é de 0,5% ao mês, para 0,3%. Assim, por ano seriam 3,6% de juros, contra os 6% atuais. "Espelhado na boa atuação do Banco do Povo Paulista, o governo federal baixou os juros aos microempreendedores de 8% para 5% ao ano. Então, existe sim a proposta de diminuir a nossa taxa", asseverou Ortiz. 

Aproveitando a passagem do colega da esfera estadual por Sorocaba, o secretário municipal de Relações do Trabalho, Luís Alberto Firmino, lembrou que, no início, os juros eram de 1% ao mês, diminuiram para 0,75% e chegaram ao valor atual. Também fez um pedido ao secretário Ortiz e ao diretor executivo do BPP, Antônio Teixeira Mendonça, de que os juros cheguem a zero. Presente em 496 municípios paulistas com 509 unidades, uma das metas do Governo de Säo Paulo é implantar o BPP em todas as cidades do Estado até o final do mandato do governador Geraldo Alckmin. 

Participaram ainda do evento ontem ba cidade o representando do Banco do Brasil, Alexandre Ixe, e do Sebrae, Carlos Alberto de Freitas. 

MUTIRÃO - O baixo valor da taxa de juros e facilidades no pagamento e obtenção do crédito são os principais atrativos para quem pretende abrir, formalizar ou incrementar a empresa através do dinheiro obtido junto ao Banco do Povo Paulista. De 2 de maio a 14 de junho, o 4º Mutirão Municipal do Microcrédito de Sorocaba realizou mais de 300 atendimentos e fechou 52 novas operações de crédito, movimentando mais de R$ 280 mil em empréstimos, 30,9% a mais do que em 2012. 

Dados divulgados na solenidade de ontem também mostram que a maioria dos empresários é do sexo feminino, representando 52% contra 48% de homens. Prova disso são as irmãs e sócias Kátia Muniz dos Santos e Kedma Muniz, que há dois meses inauguraram a loja Nemalima, onde comercializam bolsas e enxovais. Após viver por 10 anos em Salvador, capital da Bahia, Kátia retornou à cidade e há cerca de um ano começou a vender bolsas por delivery, levando pessoalmente os produtos para as clientes. Procurando uma maneira de investir no negócio, as irmâs conheceram o Banco do Povo Paulista através da Internet e, desde o início do ano, já fizeram dois empréstimos. "Foi ótima a ajuda deles, o dinheiro saiu rápido e, quando conseguimos pagar o primeiro empréstimo, fizemos outro para comprar mercadoria", explica Kátia. 

A loja que fica no Jardim Santa Cláudia, Zona Norte da cidade, foi toda reformada e, segundo Kedma, representa um momento importante na vida delas. "Faz apenas dois meses que abrimos o ponto, mas já estamos começando a ter retorno", comemorou.  

A expectativa da unidade local do Banco do Povo Paulista é de que o semestre feche com R$ 1 milhão em empréstimo e 180 contratos. A entidade ainda atua em conjunto com o Programa Microempreendedor Individual (MEI), do governo federal. As linhas de microcréditos são voltadas aos trabalhadores por contra própria e pequenas empresas, com limites que variam de R$ 200 a R$ 15 mil. O pagamento pode ser feito em até 36 parcelas e juros de apenas 0,5% ao mês, sem cobrança de IOF ou taxas bancárias e de cadastro. Para se ter uma noção do impacto dessa taxa, o cliente que contratar um empréstimo de R$ 7.500,00 pagará 36 parcelas no valor de R$ 228.16, totalizando R$ 713,92 de juros em três anos. 

O BPP de Sorocaba conta, atualmente, com aproximadamente R$ 1,5 milhão para emprestar aos empreendedores locais. O atendimento acontece de segunda à sexta-feira, das 9 às 16 horas, no Espaço Empreendedor, localizado à avenida Dr. Afonso Vergueiro, 1.927. Informações pelos telefones 3237-4881 ou 3237-4878.


Escola do Empreendedor terá 10 módulos

A Escola do Empreendedor Paulista, que também teve oficializado ontem o lançamento de sua Unidade de Sorocaba, como explicou o secretário de Estado do Emprego e Relaçöes do Trabalho, Carlos Andreu Ortiz, surgiu em maio e contém 10 módulos que orientam os empreendedores de todos os ramos de atividades. Ontem mesmo já foram disponibilizados os primeiros kits contendo todo o material aos empresários presentes na solenidade comemorativa aos 13 anos de presença do Banco do Povo Paulista no Município, mas qualquer pessoa que tiver interesse pode acessar o site www.escoladoempreendedor.sp.gov.br e encontrar ali os módulos. "Assim que fecham negócio no BPP, eles recebem o kit com 10 módulos de três horas cada um. Também firmamos uma parceria com a Secretaria Estadual de Educação e o material também está disponível no site da Pasta", acrescentou Ortiz. 


 

 
 
 
voltar  
     
 
Diário de Sorocaba no Twitter