Quarta-Feira, 23 de Setembro de 2020

Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
Sorocaba 

buscar

<< COTIDIANO Inverno e a alimentação: como ter boa relação com a comida na época mais fria do ano Alimentação saudável é fundamental no equilíbrio da imunidade corporal

Publicada em 31/07/2020 às 17:03
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR
(Foto: Divulgação)
Você já deve ter notado que no inverno a tendência é consumir ainda mais alimentos, sejam eles quentes ou frios. Porém, o consumo inadequado com exageros e descompensação de calorias, além de proporcionar ganho de peso, pode provocar malefícios à saúde.
 
De acordo com a psicóloga e especialista em emagrecimento, Aline Del Rio, é no inverno que nosso corpo necessita gastar mais energia, por isso o aumento da “comilança”. “Para manter a temperatura corporal entre 35 e meio, 37, nosso corpo acelera o metabolismo para gastar mais energia e manter essa temperatura”, explica enfatizando que, por esse motivo, acabamos nos alimentando mais. “A sensação é que estamos cada vez com mais fome devido à necessidade dessa aceleração, principalmente de alimentos mais calóricos, que são os carboidratos e açucares”.
 
Aline chama a atenção para o consumo de frutas, vegetais, que garantem as vitaminas necessárias para o organismo. “É importante lembrar que as frutas e vegetais fornecem vitaminas, sais minerais e fibras, que vão ser muito importantes durante esse período onde nossa imunidade acaba mais baixa e a tendência são gripes e resfriados. Frutas cítricas como a laranja, limão, morango, abacaxi e goiaba, além das oleaginosas, ricas em zinco, são fundamentais para a imunidade e prevenção de doenças respiratórias. Chás que utilizam de gengibre, canela e alho também são bem-vindos.
 
A especialista lembra que câimbras e dores musculares também tendem a chegar no inverno por isso, o consumo de potássio, como a banana, é fundamental.
 
Sopas
 
De acordo com Aline, as sopas e caldos saciam, mas é importante estar atento no preparo. “Levar em conta os nutrientes que estamos oferecendo. Quando o nosso corpo recebe o que ele precisa, a saciedade dura mais tempo”, explica lembrando a necessidade de alimentos naturais. “Devemos evitar as calorias vazias, que são fontes de energia, mas que nos dão mais fome. Evitar óleos vegetais e temperos prontos. Quanto mais alimentos naturais, melhor.
 
 
 
Caldo de brócolis com vagem
 
Ingredientes
 
 
1/2 cebola média (picada);
 
150 gramas de brócolis (picado);
 
Vagem picadinha a gosto;
 
Água suficiente para o cozimento;
 
150g ou 100g de patinho em cubinhos;
 
2 dentinhos de Alho;
 
salsinha picada a gosto;
 
Sal e Pimenta a gosto.
 
 
Modo de preparo:
 
Sele a carne na panela com cebola e o alho, após selar cubra com água, coloque temperos e deixe ela cozinhar até que fique bem macia.
 
Retire a carne e reserve a água para cozinhar os vegetais. Cozinhe a vagem até ficar macia. Em seguida junte o brócolis até ficar macio.
 
Retire do fogo e leve a vagem e brócolis ao liquidificador. Volte para panela. Coloque a carne que estava reservada e deixe ferver.
 
Tempere com salsinha, sal e pimenta a gosto.
 
 
 
Sopa cremosa de Tomate
 
 
3 tomates maduros e grandes sem sementes e sem casca;
 
1 colher de sopa de manjericão;
 
250 ml de água;
 
1/2 cebola picadinha;
 
1 alho picadinho.
 
 
Modo de Preparo:
 
Refogue o alho e a cebola em um pouco de água. Em seguida adicione os tomates em cubinhos, mexa e acrescente a água. Cozinhe bem por cerca de 15 minutos em fogo baixo. Bata no liquidificador e adicione o manjericão. Para uma sopa menos cremosa adicione água e bata novamente.
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar