Sexta-Feira, 22 de Novembro de 2019

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< SOROCABA Fiscalização apreende tapeçaria e multa clandestino em R$ 3,2 mil O flagrante ocorreu na rua Coronel José Prestes, no exato instante que o responsável pelo carregamento distribuía aos demais clandestinos que planejavam vender pelas ruas da cidade

Publicada em 11/04/2019 às 23:34
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

(Foto: Divulgação)
A Fiscalização da Prefeitura de Sorocaba apreendeu quase duas mil peças de tapeçaria que seriam revendidas clandestinamente pelas ruas de Sorocaba e o responsável pagou R$ 3,2 mil para recuperar as mercadorias, na manhã desta quinta-feira (11). “A nossa administração combate o comércio clandestino. Nós regularizamos a atividade de ambulante e apoiamos o trabalho daqueles que foram devidamente cadastrados”, declara o prefeito José Crespo.
 
O flagrante ocorreu na rua Coronel José Prestes, no exato instante que o responsável pelo carregamento distribuía aos demais clandestinos que planejavam vender pelas ruas da cidade. A equipe de Fiscalização de Feiras e Ambulantes da Secretaria da Segurança e Defesa Civil (Sesdec) apreendeu cerca de 1,8 mil itens entre tapetes, redes e mantas, além de aproximadamente 200 acessórios em couro, como cintos e carteiras.
 
A atividade irregular foi notada por profissionais da Secretaria de Políticas sobre Drogas, Resgate Social do Morador de Rua e Direitos das Pessoas com Deficiência e Idosos (Sepod). “Trabalhamos em parceria, imediatamente informamos à Sesdec que deu sequência às providências contra a atividade irregular”, declara o titular da Sepod, dr. José Humberto Urban Filho.
 
O chefe da Divisão de Fiscalização da Sesdec, Fabiano Pedroso de Proença, explica que o caminhão foi escoltado pela Guarda Civil Municipal até a Seção de Fiscalização e para recuperar todo o material apreendido, o responsável pelo ato precisou pagar uma taxa de apreensão no valor de R$ 3.252,72, conforme prevê a lei municipal de número 10.985/2014.
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar