Segunda-Feira, 19 de Agosto de 2019

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< Vereadores derrubam três vetos do prefeito

Publicada em 08/02/2019 às 13:32
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

Desconto no IPTU para imóveis lindeiros à Rodovia Raposo Tavares, chamamento para contemplados de programas habitacionais por A.R. e merenda excedente para professores e funcionários da Educação são os temas dos projetos que tiveram os vetos, todos totais, a eles impostos pelo prefeito José Crespo (DEM) sumariamente rejeitados pelos vereadores na sessão desta quinta-feira (7) da Câmara Municipal, a segunda ordinária deste novo ano legislativo.
Primeiro foi rejeitado o veto ao projeto de autoria do vereador Wanderley Diogo (PRP), que estabelece desconto de 15% no IPTU (Imposto sobre Propriedade Territorial Urbana) para os imóveis lindeiros localizados nas margens da Rodovia Raposo Tavares em Sorocaba. O autor, pedindo a derrubada do veto do Executivo, reafirmou da tribuna que os imóveis lindeiros foram prejudicados e perderam valor após a duplicação da estrada. Já o vereador José Francisco Martinez (PSDB), em nome da Comissão de Justiça da Casa, destacou que é preciso constar a depreciação dos imóveis na Planta Genérica de Valores (como alega o Paço no veto).
Em seguida, também foi derrubado o veto ao projeto do vereador Vitão do Cachorrão (MDB), que estabelece que o chamamento de contemplados por futuros programas habitacionais do Município seja feito por meio de correspondência com A.R. (‘Aviso de Recebimento’), serviço adicional dos Correios. O preenchimento de formulário próprio permite comprovar, junto ao remetente, a entrega do objeto, com Vitão defendendo sua proposta lembrando que muitos contemplados são famílias humildes e não possuem acesso à Internet. Apesar de enaltecer a intenção do autor, o líder do Governo, Irineu Toledo (PRB), procurou amenizar que a Prefeitura alega possuir outros meios de contatar os contemplados e que o uso de A.R. resultaria em ônus financeiro, mas não conseguiu convencer os colegas. 
Por fim, foi rejeitado o veto igualmente a projeto de Vitão do Cachorrão, que obriga todas as escolas e creches a oferecer alimentação - excedente da merenda - aos professores, auxiliares de Educação e funcionários das unidades municipais. O autor defendeu a derrubada do veto e obteve sucesso, mesmo com o líder do Governo lembrando os motivos dele: o Executivo afirma que o projeto viola normas federais que regulamentam a merenda escolar e que a merenda excedente não pertence à Prefeitura.
 
VEREADORES VISITAM BARRAGEM PALMITAL DA CBA - Em decorrência de iniciativa do novo presidente da Câmara, Fernando Dini (MDB), que havia solicitado informações oficiais à Companhia Brasileira de Alumínio (CBA) sobre a situação das barragens que administra na Região Metropolitana de Sorocaba, está programada para esta sexta-feira (8), às 9 horas, uma visita dos vereadores sorocabanos à Barragem de Palmital, na cidade vizinha de Alumínio. “O trágico rompimento da barragem de Brumadinho, com mais mortos e desaparecidos do que a tragédia de Mariana, não pode se repetir nunca mais e, para isso, temos de estar muito atentos à situação de nossas barragens. Por isso, enviei ofício à CBA solicitando informações sobre a situação das barragens que a empresa administra e, prontamente, a direção da empresa convidou os vereadores para conhecer a barragem”, explicou Dini.
A visita deverá ter o acompanhamento de um representante da Associação de Engenheiros e Arquitetos de Sorocaba inclusive, a convite do presidente do Legislativo, que também informou que, além da visita, pretende também pedir laudos técnicos sobre a situação da barragem.
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar