Quarta-Feira, 20 de Março de 2019 ASSINE O DIÁRIO 15.3224.4123

Diário de Sorocaba

buscar

<< Zé Franco dá nome à Orquestra de Violas

Publicada em 11/01/2019 às 01:10
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

(Foto: Divulgação)
A Orquestra de Violas de Sorocaba ganhará o nome de “Zé Franco”, em homenagem ao famoso comerciante do Mercado Municipal, falecido em 14 de julho do ano passado. A iniciativa é da Secretaria de Cultura e Turismo. O evento especial ocorrerá no próximo dia 15, às 19 horas, em frente ao Mercado Municipal, e será aberto ao público. “Esse será um momento muito especial para todos, amigos e familiares do Zé Franco. A nossa Orquestra de Violas de Sorocaba vai receber o nome de uma figura querida e respeitada. Estamos muito felizes com essa homenagem”, destaca o secretário, Werinton Kermes.
A Orquestra de Violas de Sorocaba teve início em 14 de novembro de 2018, numa iniciativa da Secretaria de Cultura e Turismo com o objetivo de resgatar a viola caipira como uma expressão da cultura popular brasileira. Atualmente, o grupo é formado por 19 pessoas - 16 homens e três mulheres. Sob a responsabilidade do músico violonista Sidnei dos Santos, o grupo reúne-se semanalmente, nas quartas-feiras; já as sextas-feiras são destinadas aos iniciantes. Os ensaios são feitos no Barracão Cultural e, a partir do dia 20, na Escola de Cultura e Artes “Ettore Marangoni”, no Jardim Sandra.
O repertório da orquestra possui 15 músicas, como “Chico Mineiro”, “Amargurado”, “Menino da Porteira”, “Pagode em Brasília”, “Negrinho Parafuso”, “Chalana”, entre outras. Os violeiros já se apresentaram na inauguração da Escola de Cultura e Artes e também durante a programação da 2ª edição do projeto “Natal Mágico: Paz na Terra”, na Praça Coronel Fernando Prestes, no Centro. Já a personagem principal que será homenageada, Zé Franco, tinha um comércio no Mercado Municipal desde sua inauguração, em 1938. Sua banca era famosa pelos rolos de fumo de corda, produtos populares, ervas e remédios. 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar