Sexta-Feira, 20 de Julho de 2018 ASSINE O DIÁRIO 15.3224.4123

Diário de Sorocaba

buscar

<< SOROCABA Milhares lotam a praça central para Missa de despedida da Santa

Publicada em 10/07/2018 às 18:16
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

(Foto: Divulgação)
Lá pelas 4 horas da madrugada, já a praça central de Sorocaba, a Cel. Fernando Prestes, vai vendo despontar aqui e ali um ou outro romeiro de Nossa Senhora Aparecida, pois a pequenina imagem da Santa será trasladada da Catedral Metropolitana para o seu santuário, no bairro histórico de Aparecidinha. De repente, porém, a praça já está completamente lotada com fiéis, postados também na rua paralela à igreja e na Cel. Benedito Pires. 
 
São famílias inteiras, grupos de amigos, de parentes, de colegas, que participaram, com muita devoção da Missa concelebrada às 5 horas em ponto, nas escadarias da igreja Catedral Metropolitana de Sorocaba, pelo arcebispo metropolitano, dom Julio Endi Akamine, SAC (em seu segundo ano de presença neste ato litúrgico), pelo pároco da Sé, padre Tadeu Rocha Moraes, pelo vigário paroquial, pe. Douglas Antônio, e outros seis sacerdotes. 
 
Após padre Tadeu fazer abertura referindo-se à secular romaria, iniciou-se a Missa com total participação dos mais de 50 mil devotos da Santa Mãe de Deus. Em sua homilia, dom Julio destacou as palavras da rainha Ester pedindo ao rei pelo seu povo: 'Concede-me a vida e a vida do meu povo...'. Hoje, a Mãe Santíssima pede, especialmente, pela vida de seu povo aqui na terra. A intercessão da Virgem mostra-nos que não estamos sós. Nascemos do lado aberto de Cristo e temos a ajuda desta Mãe para aderirmos a Cristo com toda a fé e reconhecimento de que ela nos indica o caminho certo e nos acompanha na peregrinação deste mundo. Às vezes, a vida nos traz sofrimento, mas reconhecemos que não estamos sós". 
 
Mesmo com a Celebração Eucarística iniciada, centenas de pessoas iam adentrando a praça; vinham, principalmente do Terminal Santo Antônio, oriundas de todos os bairros da cidade. O comentário que mais se ouvia era de que a cada ano o número de fiéis aumenta consideravelmente. E neste ano não foi diferente.
 
Participando, com muita fé, estava a família da septuagenária Teresinha Cecília Nunes; ao seu lado, as filhas, Silvana e Sandra Aparecida, as netas, Natália Aparecida e Karina, ambas de 20 anos, o neto, Francisco das Chagas, e o bisneto, Ruan, de 12; era visível a fé e a alegria deles, que iam para a romaria agradecer a Nossa Senhora as graças recebidas. "Hoje, estou aqui somente para agradecer", disse dona Teresinha, que participa desta caminhada de fé há 40 anos.  
 
O casal Nelson e Diva, que há 10 anos segue a romaria, estava com suas filhas e sobrinha, Rosa, Tamires e Flávia, também para agradecer a ação de Nossa Senhora em suas vidas.
 
Ao final da Missa, exatamente às 6 horas, enquanto os sinos da Catedral badalavam festivamente, o andor enfeitado de flores com a pequena imagem desceu a praça cercado pelos romeiros. Iniciava-se a caminhada, que seguiu pela praça, entrou pela rua São Bento, Quinze de Novembro, atravessou a ponte Maurício Dell'Osso e subiu a avenida São Paulo afora. O espoucar de alguns poucos rojões recebeu a Santinha na ponte, seguiu pela avenida e parou em frente à Santa Casa de Misericórdia, onde entrou para visitar os pacientes nos quartos do hospital.
 
Após mais alguns minutos, a imagem da Santa continuou o caminho rumo ao Santuário enquanto os romeiros rezavam, cantavam e expressavam a sua fé e a sua confiança naquela que tudo pode diante do seu Divino Filho, Nossa Senhora da Conceição Aparecida, a Padroeira do Brasil.
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar