Sexta-Feira, 20 de Julho de 2018 ASSINE O DIÁRIO 15.3224.4123

Diário de Sorocaba

buscar

<< SOROCABA 50 mil devotos devem levar Santa a Aparecidinha

Publicada em 06/07/2018 às 18:47
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

(Foto: Divulgação)
Com tudo preparado no bairro histórico, perto de 50 mil devotos romeiros devem acompanhar na manhã deste domingo (8) o retorno da veneranda imagem de Nossa Senhora Aparecida, Padroeira do Brasil, a seu Santuário de origem, em Aparecidinha. São mais de 17 quilômetros, boa parte ainda em chão batido, separando o lugarejo do centro urbano de Sorocaba. Depois de permanecer os seis primeiros meses do ano em seu altar lateral na Catedral Metropolitana, a Santa retorna sempre no segundo domingo de julho, numa tradição que remonta às décadas iniciais do século XIX, mas que foi oficializada em meio à grave epidemia de gripe espanhola do final daquele século, quando em 1899 o então pároco da Matriz de Sorocaba, monsenhor João Soares, fixou datas precisas para a realização das romarias de Aparecidinha, amanhã e 1º de janeiro, quando é trazida para a Catedral Metropolitana.
 
A peregrinação começa por volta das 6 horas, logo depois de missa campal de despedida às 5 da madrugada, celebrada nas escadarias da igreja da Catedral, na praça Cel. Fernando Prestes, oficiada sob a presidência do arcebispo metropolitano de Sorocaba, dom Julio Endi Akamine, SAC - este é, aliás, o segundo ano que dom Julio participa da tradicional manifestação de fé do povo sorocabano, que em 2017, ano de sua chegada a Sorocaba, também acompanhou a pé como simples devoto da Virgem Aparecida entre os milhares de romeiros, gesto que deve repetir neste, presidindo também a missa de ação de graças à chegada da Santa em Aparecidinha, entre 10h30 e 11 horas, defronte ao novo Santuário, na praça Cônego João Santucci, acompanhado do novo reitor da Paróquia-Santuário de Aparecidinha, padre Ricardo Chizzolini. Ao meio-dia, haverá outra missa, esta na praça fronteiriça à Capela histórica, oficiada sob a presidência do padre Arari dos Santos Amorim, o padre Kojak, da Paróquia de Nossa Senhora do Povo, do bairro de Brigadeiro Tobias.
 
ÔNIBUS EXTRAS - A Urbes – Trânsito e Transportes, por outro lado, implantará esquema especial para atender os usuários do Transporte Coletivo que vão participar da Romaria de Aparecidinha. Serão criadas viagens extras partindo do bairro para o Terminal Santo Antônio a partir das 4 horas da madrugada nas linhas de maior procura, como Mineirão; Paineiras, Rodrigo, Vitória Régia, São Bento e Altos do Ipanema/Carandá, partindo da rua 2 no Altos do Ipanema às 4 horas e, posteriormente, atendendo ao Residencial Carandá. Do Terminal Santo Antônio, plataforma P.05, Ponto “Q”, partirão carros extras para o bairro de Aparecidinha, seguindo via avenida Dom Aguirre (onde não haverá pontos de parada). Os desembarques no bairro ocorrerão na rua do Terço (praça Prof. João Oscar Mascarenhas), ponto este que os usuários também deverão utilizar para retornar ao Terminal Santo Antônio.
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar