Terça-Feira, 19 de Junho de 2018 ASSINE O DIÁRIO 15.3224.4123

Diário de Sorocaba

buscar

<< SOROCABA Blitz da Biodiversidade abordou 80 motoristas

Publicada em 11/06/2018 às 18:25
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

(Foto: Divulgação)
A 9ª Blitz da Biodiversidade realizada na manhã desta segunda-feira (11), na avenida Itavuvu, próximo ao Parque Natural Municipal Corredores da Biodiversidade, resultou na abordagem de 80 veículos pela equipe da Secretaria do Meio Ambiente da Prefeitura, o que totalizou a sensibilização de cerca de 120 pessoas. Realizada dentro da programação da Semana do Meio Ambiente, que celebrou o Dia Mundial do Meio Ambiente (5 de junho), a blitz contou com apoio de agentes de trânsito da Urbes e da Guarda Civil Municipal (GCM). De acordo com o secretário Jessé Loures, a blitz é uma parceria realizada entre o Parque-Zoológico Municipal “Quinzinho de Barros” e o Parque da Biodiversidade e tem como objetivo sensibilizar os motoristas sobre o problema do atropelamento de animais silvestres e também divulgar o Sistema Urubu, considerado a maior rede social de conservação da biodiversidade brasileira.
 
O Sistema Urubu possui um aplicativo de celular gratuito chamado Urubu Mobile que auxilia no levantamento de animais atropelados em todo território nacional para fins de pesquisa e execução de ações preventivas em relação a este problema. Seu uso é muito simples: encontrando um animal atropelado, a pessoa tira uma foto usando o aplicativo. O local da foto e a data são marcados automaticamente e a imagem é enviada para o Centro Brasileiro de Estudos em Ecologia de Estradas (CBEE). Os profissionais do CBEE, por sua vez, juntam todos os dados enviados para fazerem a análise dos pontos mais vulneráveis e, então, propõem mudanças para reduzir os atropelamentos.
 
As espécies de animais silvestres mais atropelados e que também vivem em Sorocaba são o gambá-de-orelha-branca (Didelphis albiventris), cachorro-do-mato (Cerdocyon thous), ratão-do-banhado (Myocastor coypus), capivara (Hydrochaeris hydrochaeris) e uma espécie de lagarto chamado teiú (Tupinambis merianae).
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar