Domingo, 19 de Agosto de 2018 ASSINE O DIÁRIO 15.3224.4123

Diário de Sorocaba

buscar

<< SOROCABA Câmara faz sessão extra para votar Frente Parlamentar Regional em Socorro à Saúde Força-tarefa atuará na identificação e cobrança das autoridades quanto à necessidade de melhorias urgentes, sobretudo no Conjunto Hospitalar de Sorocaba, após irregularidades constatadas no atendimento de p

Publicada em 14/02/2018 às 17:34
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

(Foto: Divulgação)
LEGISLATIVO
 
O presidente da Câmara Municipal de Sorocaba, Rodrigo Manga (DEM), definiu para esta quinta-feira (15) a realização de sessão extraordinária, após o término da sessão ordinária da Casa, para apreciação e votação do projeto de decreto legislativo que cria a Frente Parlamentar Regional em Socorro à Saúde. A iniciativa é do próprio Manga, em parceria com a Comissão de Saúde do Legislativo local.
 
O objetivo, como esclarece Manga, é montar um grupo que integre vereadores dos 48 munícipios ligados ao Departamento Regional de Saúde (DRS-16), cuja população é atendida pelo Conjunto Hospitalar de Sorocaba (CHS). Essa Frente Parlamentar terá o papel de fiscalizar a qualidade do atendimento, sobretudo no CHS, bem como buscar informações e demais dados que comprovem a real situação dessa instituição, tanto em caráter administrativo, como financeiro. “A proposta surgiu após a constatação de atendimento precário aos pacientes e equipamentos com problemas, além da falta de insumos básicos e medicamentos no CHS, durante arrastão realizado pela Câmara de Sorocaba no fim do ano passado. E ainda após as denúncias levantadas pela mídia de que médicos não cumprem o horário de trabalho nessa unidade regional”, reiterou ontem Manga ao DIÁRIO.
 
Ainda caberá aos vereadores desse grupo cobrar do Estado e da União melhorias urgentes no atendimento aos pacientes atendidos nesta região paulista, no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS) e propor ações que visem à melhoria no atendimento. A Frente Parlamentar Regional em Socorro à Saúde terá prazo de atuação de 90 dias, com possibilidade de prorrogação por igual período. Ao término, será elaborado relatório conclusivo das atividades para os encaminhamentos necessários aos órgãos e autoridades competentes. Segundo o presidente da Câmara ainda, a intenção é de que essa Frente Parlamentar atue como uma força-tarefa em prol da melhoria da Saúde Pública em Sorocaba e região, lembrando que o Legislativo sorocabano chegou a convidar a direção do CHS para prestar esclarecimentos e também promoveu reunião com o secretário estadual da Saúde, David Uip, “porém ninguém assumiu as responsabilidades pela situação quanto à precariedade desse hospital”.
 
AUDIÊNCIA PÚBLICA – Para o dia 26 de fevereiro, segunda-feira, por outro lado, já está confirmada uma audiência pública na Câmara de Vereadores de Sorocaba também, para oficializar a composição da Frente Parlamentar Regional em Socorro à Saúde e a definição de um cronograma de ações. “Todos os 395 vereadores desses 48 municípios estão sendo convidados. Esse encontro oficializará, na prática, a criação dessa Frente Parlamentar e início dos trabalhos”, complementa Manga.
 
Estão sendo convidados para integrar a Frente Parlamentar Regional em Socorro à Saúde vereadores dos municípios de Alambari, Alumínio, Angatuba, Apiaí, Araçariguama, Araçoiaba da Serra, Barra do Chapéu, Boituva, Bom Sucesso de Itararé, Buri, Campina do Monte Alegre, Capão Bonito, Capela do Alto, Cerquilho, Cesário Lange, Guapiara, Guareí, Ibiúna, Iperó, Itaberá, Itaóca, Itapetininga, Itapeva, Itapirapuã Paulista, Itararé, Itu, Jumirim, Mairinque, Nova Campina, Piedade, Pilar do Sul, Porto Feliz, Quadra, Ribeira, Ribeirão Branco, Ribeirão Grande, Riversul, Salto, Salto de Pirapora, São Miguel Arcanjo, São Roque, Sarapuí, Tapiraí, Taquarivaí, Tatuí, Tietê e Votorantim.
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar