Sábado, 24 de Fevereiro de 2018 ASSINE O DIÁRIO 15.3224.4123

Diário de Sorocaba

buscar

<< CULTURA Júlio Moura lança EP Em Frente resgatando ancestralidade negra

Publicada em 14/02/2018 às 17:17
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

(Foto: Divulgação)
MÚSICA
 
O projeto “Cio da Terra”, do Sesc Sorocaba, apresenta o show de lançamento do EP “Em Frente”, do cantor e compositor Júlio Moura, nesta quinta-feira (15), às 20 horas. Na apresentação, inédita, Júlio resgata sua ancestralidade, trazendo seu ponto de vista sobre o que é ser negro no Brasil, além de reflexões sobre amor, empatia, memória, perseverança e autoconhecimento, norteado por uma estética minimalista (voz, sanfona e guitarra). O projeto “Cio da Terra” privilegia shows de lançamentos de artistas de Sorocaba e da região.
 
No palco, Júlio apresenta as músicas do EP (“Em Frente”, “Nós e a Noite”, “Seguir fazendo um som”, “Luana” e “Rápido Rasteiro”), músicas de outros momentos da sua carreira e interpretações de artistas que o influenciaram. Além de Júlio, o show conta com os músicos Fábio Leal (guitarra) e Beto Correa (Sanfona) e os cantores convidados Miguel Ganggini (Perú) e Márcio Brown (MC Sorocabano). A iluminação é assinada por Roberto Abdelnur Camargo. 
 
“Em Frente” dá início à carreira solo do cantor, que já gravou os trabalhos Identidade (2009), Pinduridéia (2011), Arrumação (2013) e Caverna Sessions (2015) com a banda Mariamadame, todos contendo músicas de sua autoria. Além disso, Júlio cantou e gravou com Bocato, Fernando Anitelli (O Teatro Mágico), Pedro Viáfora (5 a Seco) e JR Tostói (Lenine), entre outros nomes da música brasileira.
 
O EP “Em Frente” foi gravado e mixado no Estúdio Grave (Sorocaba), por Gabriel Fernandes, e masterizado em Nova York no Sterlig Sound Studio, por Jay Franco. É possível ouvir “Em Frente” pela Internet também, nas plataformas digitais. 
 
SERVIÇO - Os ingressos para o show “Em Frente” custam R$ 5,00 para credenciados no Sesc e dependentes (credencial plena), R$ 8,50 para aposentados, pessoas com mais de 60 anos ou com deficiência, estudantes e servidores da escola pública com comprovante e R$ 17,00 inteira. 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar