Sábado, 24 de Fevereiro de 2018 ASSINE O DIÁRIO 15.3224.4123

Diário de Sorocaba

buscar

<< SOROCABA Ministro traz proposta de Internet Para Todos

Publicada em 09/02/2018 às 18:30
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

(Foto: Divulgação)
O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Gilberto Kassab, esteve em Sorocaba na noite desta quinta-feira (8). No Parque Tecnológico, na presença do prefeito José Crespo e de chefes de Executivo e/ou representantes de outros 32 municípios da região, entre eles Iperó, Itapetininga, Pereiras, Conchas, Vargem Grande Paulista, Mairinque, Boituva, Elias Fausto, Laranjal Paulista, Araçariguama, Tietê, Cerquilho, Salto de Pirapora e Alumínio, procedeu ao lançamento do Programa “Internet Para Todos”.
 
O ministro Gilberto Kassab desembarcou no Aeroporto de Sorocaba às 20h30. Na abertura do evento no Parque Tecnológico, Crespo falou sobre a satisfação da cidade em se cadastrar em um importante programa que levará Internet com um custo mais baixo e, principalmente, por ser mais uma ferramenta de combate à exclusão social. “Para nós, é uma grande satisfação tê-lo aqui e, principalmente, fazer parte deste programa. A tecnologia é nossa aliada. A todo tempo estamos conectados”, destacou o prefeito.
 
O “Internet Para Todos” é uma iniciativa do MCTIC que promete levar conexão em banda larga para milhares de localidades de todo o País a preços reduzidos. O objetivo é democratizar o acesso à Internet buscando a inclusão social. “É um projeto que vai se estender por todo o Brasil, para todas as prefeituras. Os prefeitos aqui presentes corram para se cadastrar e fazer parte desta implantação”, insistiu o ministro Gilberto Kassab. Ainda segundo Kassab, a meta é levar Internet em alta velocidade para 40 mil locais públicos em cerca de 300 municípios brasileiros.
 
Para participar do programa, os municípios deverão encaminhar um documento ao MCTIC pedindo a adesão ao programa. A partir desse documento, a pasta vai enviar às cidades um modelo de termo de adesão, assim como aconteceu com Sorocaba, que já assinou anteontem o termo de adesão que define como obrigações do Município a garantia de infraestrutura básica para a instalação dos equipamentos de conexão.
 
CONEXÃO - A conexão à Internet será feita por meio do Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas (SGDC), em órbita desde maio de 2017. O SGDC é parte do esforço do governo federal para ampliar o acesso à banda larga no País. Lançado ao espaço em maio do ano passado, é o primeiro equipamento brasileiro de uso civil e militar. O projeto recebeu R$ 2,7 bilhões em investimentos do governo federal, por meio de uma parceria entre o MCTIC e o Ministério da Defesa.
A previsão é que o equipamento seja operacional por 18 anos.
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar