Quinta-Feira, 27 de Fevereiro de 2020

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< ESPORTE Paulo Roberto quer Bentão jogando com inteligência contra a Lusa

Publicada em 09/07/2016 às 07:00
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

(Divulgação)
O São Bento precisa saber jogar com inteligência para vencer a Portuguesa neste domingo no CIC, às 11h, pela quinta e penúltima rodada do grupo A-14 do Campeonato Brasileiro da Série D. Essa é a opinião do treinador do Azulão, Paulo Roberto Santos, que falou ontem antes do último treino do Azulão, antes da partida, em trabalho realizado no CT Fazenda Ipê. Uma vitória classifica o time de Sorocaba, que lidera o grupo com sete pontos contra seis do Villa Nova (que joga amanhã às 16h em Nova Lima contra o São José-RS), e quatro pontos da lusa do Rio e dos gaúchos.
 
“Sabemos que precisamos ganhar, mas não podemos cair no erro do último jogo contra o Villa Nova em casa, onde saímos com tudo e demos a eles o que eles queriam (o contragolpe). Precisamos jogar com inteligência, sem nos desconcentrar”, avaliou. Para Paulo Roberto é importante uma vitória neste domingo, que daria a classificação antecipada e facilitaria até em termos de planejamento para a segunda fase.
 
Para este jogo, o meia Diego Barboza está fora e não estreia, pois sua documentação da transferência do Bahrein ainda não ficou pronta. O volante Mateus Cancian já treina e pode jogar, embora esteja há 40 dias sem atuar.
 
Ontem, o time teve duas baixas. Saíram o meia Elvis, que veio do Mogi e passava por problemas de lesão, e o meiocampista Guaru, que, com problemas particulares, procurou a diretoria e pediu seu desligamento. O treinador elogiou a postura da defesa, mas quer seu time usando mais a velocidade contra os adversários.
 
ATACANTE QUER FIM DO JEJUM DE GOLS – Neste domingo, o atacante Anderson Cavalo vai tentar pôr fim a um longo período sem marcar gols no Bentão. Cavalo chegou para o Paulistão e marcou duas vezes no estadual, contra Rio Claro no dia 12 de março, na vitória do Azulão por 3 a 0 na 9ª rodada do Paulistão. De lá para cá foram 11 jogos sem marcar. Sete no Paulistão, Mogi Mirim (3x0), Ferroviária (1x0), XV de Piracicaba 1x0), Capivariano (1x1), Audax (1x2) São Paulo (1x0), Santos (0x2), e quatro no Brasileiro da Série D: São José (1x0), Portuguesa (1x0), Villa Nova (0x1), Villa Nova (0x0). Com isso já são 990 minutos sem marcar.
 
CARREATA – Hoje, a partir das 11h da manhã, haverá uma carreata, organizada por torcedores do São Bento, a fim de atrair um maior público ao Estádio Municipal, neste domingo, para o jogo contra a Portuguesa do Rio. Esta será a segunda edição da carreata, que terá como ponto de partida o Centro de Treinamento do Azulão, localizado na Avenida Nogueira Padilha, na Vila Hortência. “O trajeto deve passar pelas ruas do centro da cidade, chegar à zona norte, voltar ao Centro, ir ao Campolim e retornar ao CT Humberto Reale”, explica Paulo. Este acontecimento contará com a participação de um dos diretores do clube, mais conhecido como Sergião, e, também, do Tira-Prosa, o mascote do São Bento. 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar