Sábado, 4 de Julho de 2020

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< Ministério das Cidades apresenta projeto de melhoria da gestão da mobilidade Sorocaba é um dos quatro municípios brasileiros selecionados como candidatos a receber projeto piloto para a Eficiência Energética na Mobilidade Urbana

Publicada em 05/04/2016 às 06:13
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

O prefeito Antônio Carlos Pannunzio recebeu na manhã desta segunda-feira (4) em seu gabinete, no quarto andar do Paço Municipal, representantes da Secretaria Nacional de Transporte e da Mobilidade Urbana, do Ministério das Cidades. Na oportunidade, foi apresentado a Pannunzio o projeto piloto para a Eficiência Energética na Mobilidade Urbana. Técnicos do Ministério da Cidade também realizaram uma visita técnica pela cidade ontem.

A proposta do projeto foi aprovada pelo governo alemão e será implantada no País através de um acordo com o Ministério das Cidades e a Agência de Cooperação Internacional. Quatro municípios brasileiros foram selecionados e, neste mês, estão recebendo as visitas técnicas. Além de Sorocaba, foram selecionadas as cidades de São José dos Campos (SP), Teresina (PI) e Uberlândia (MG). O município escolhido receberá o projeto piloto.

O secretário nacional de Transporte e da Mobilidade Urbana, Dário Rais Lopes, explicou que Sorocaba é, assim, uma das quatro cidades pré-selecionadas para receber o projeto piloto e, com isso, contará com consultores estrangeiros para que, na etapa final, possa ser feito um diagnóstico de viabilidade de implantação no Município. “Se escolhido, Sorocaba terá disponível um mecanismo para otimização das rotas de ônibus e monitoramento de localização, além de melhor qualidade de vida”, explica.

Durante a apresentação, Pannunzio, destacou que Sorocaba é, com certeza, a cidade com a maior extensão de ciclovias instaladas em funcionamento no País, tendo um total de 126 quilômetros. Segundo o coordenador do projeto, Fernando Araldi, o Ministério das Cidades está em busca de um município para executar o projeto piloto, onde serão testadas algumas ferramentas novas, trabalhando alguns aspectos da cidade dentro de uma política voltada para a mobilidade urbana. “Vamos fazer um diagnóstico da cidade e algumas ações com conhecimento técnico e, a partir daí,  montar uma estratégia da implantação daquela ação”, comentou Araldi, explicando ainda que não será construído nada, pois não trata-se de infra-estrutura e sim da melhoria da gestão área da mobilidade urbana.

Para o coordenador, Sorocaba já tem um nível elevado em ações de mobilidade urbana que facilitam muito o desenvolvimento do trabalho, caso seja escolhida. 

ENCONTROS TÉCNICOS - O resultado será conhecido ainda neste mês de abril. À tarde, ontem ainda, aconteceram encontros com as equipes técnicas da Prefeitura local e da Urbes – Trânsito e Transportes, além de visitas para conhecimento das ações aqui realizadas. “Vamos percorrer as quatro cidades e avaliar qual delas tem as melhores condições para receber o projeto. A escolhida receberá o diagnóstico”, reiterou seu coordenador, Fernando Araldi.

Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar