Quarta-Feira, 22 de Janeiro de 2020

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< Prédios do Estado não serão mais transferidos, diz dirigente de Ensino

Publicada em 12/12/2015 às 04:49
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

A transferência de prédios, que atendem como escolas estaduais, à Prefeitura não ocorrerá mais porque a rede estadual de ensino manterá o planejamento de setembro, que estava certo até o anúncio da reorganização de escolas por ciclos. A informação foi dada ontem pelo dirigente regional de Ensino, Marco Aurélio Bugni, durante oitiva da CPI.
 
Bugni disse não poder precisar datas sobre o compromisso do governo com a reabertura do debate com a população, mas que há cogitação de aperfeiçoamento dos mecanismos dos conselhos de escola. Ele afirmou, ainda, que os dias para explicações deverão ser marcados com a posse do novo secretário estadual de Educação. 
 
Ele reiterou também que, em 2016, não haverá transferência de classe, série, ciclo ou prédio do Estado para o Município. Disse, ainda, que a única exceção é a EE “Salvador Ortega”, que possui poucos alunos e que, caso haja interesse dos pais, os estudantes poderão ser redirecionados para unidades municipais mais próximas. 
 
Em resposta ao vereador Izídio de Brito (PT), que questionou sobre os nove terrenos doados para o Estado para a construção de nove escolas e nove creches, o dirigente afirmou que cinco prédios já foram construídos e três novos imóveis estão em processo, além de outra, onde foi solicitada a ampliação do terreno. 
 
Bugni explicou também que o Estado está construindo escolas em virtude da demanda habitacional. Sobre as creches, disse que é uma tratativa do Estado com o Município e que não passa pela diretoria de ensino. O secretário Flaviano Lima ressaltou que enviará por escrito o andamento do processo das novas creches. 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar