Segunda-Feira, 25 de Maio de 2020

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< Centenário de Armando Pannunzio tem sessão solene na Câmara

Publicada em 14/08/2015 às 03:08
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

Foto: Arquivo/DS
Amigos, familiares e simpatizantes do ex-prefeito Armando Pannunzio (1915-1985) são aguardados nesta sexta-feira (14), às 19h30, no Plenário da Câmara Municipal, no Parque da Boa Vista, para a sessão solene que destacará a vida e obra do importante cidadão sorocabano que muito fez pela cidade, intitulada "100 anos brilhando na História". A homenagem ao pai do atual prefeito Antônio Carlos Pannunzio é de iniciativa do vereador José Antônio Caldini Crespo (DEM), cujo pai (José Crespo Gonzales) também foi prefeito e companheiro de lides políticas de Armando Pannunzio.
 
O prefeito Antônio Carlos Pannunzio também receberá, durante a solenidade, a Comenda Referencial de Ética e Cidadania, representando o pai, que deixou à cidade um legado de exemplos de ética, cidadania, idealismo e coragem. A homenagem contará ainda com a presença de políticos que trabalharam com o dr. Armando Pannunzio, empresários e, sobretudo, funcionários da Prefeitura (ele foi prefeito por dois mandatos) e do Sesi (Serviço Social da Indústria), do qual também foi delegado regional em Sorocaba. 
 
LIVRO BIOGRÁFICO DE ARMANDO PANNUNZIO - Por outro lado, também durante a sessão solene desta noite do Legislativo sorocabano, o jornalista Sérgio Coelho de Oliveira lançará livro biográfico de sua autoria sobre a vida e a obra do dr. Armando Pannunzio, cuja renda da venda de cada exemplar a R$ 30 será revertida ao Fundo Social de Solidariedade do Município. A cantora Teresa Baddini e músicos da Fundec abrilhantarão o evento.
 
O ex-prefeito Armando Pannunzio, também deputado estadual por Sorocaba na década de 70, nasceu em São Paulo, em 27 de julho de 1915, e faleceu em 22 de janeiro de 1985. Chegou a Sorocaba com apenas seis meses de idade, fez curso primário no então Grupo Escolar "Visconde de Porto Segur" e o secundário na Escola Estadual "Dr. Júlio Prestes de Albuquerque", o tradicional `Estadão'. Formou-se em Direito pela Universidade de São Paulo (USP) e foi delegado regional do Sesi e presidente do Rotary Club e da Associação Rural, além de professor e diretor da Faculdade de Direito de Sorocaba (Fadi). 
 
Chefiou o Executivo sorocabano de 1964 a 1969 e de 1973 a 1977. Tornou-se deputado estadual em 1970.
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar