Segunda-Feira, 13 de Julho de 2020

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< Vital pede que Polícia Federal investigue suposta fraude em CPI

Publicada em 05/08/2014 às 17:55
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

O presidente da CPI da Petrobras do Senado, Vital do Rêgo (PMDB), pediu nesta terça-feira (5) ao diretor-geral da Polícia Federal, Leandro Daiello, que investigue as suspeitas de uma possível combinação de perguntas e respostas entre integrantes da comissão e a cúpula da estatal. O caso veio à tona neste fim de semana, após a revista "Veja" ter revelado um vídeo no qual depoentes e representantes da Petrobras conversam sobre o "gabarito" das apurações.

Vital do Rêgo entregou pessoalmente, pela manhã, ao diretor-geral da PF, um ofício no qual pede a investigação do caso. A polícia terá, entre outras opções, determinar a abertura de um inquérito sobre a suposta combinação. Na segunda-feira (4), o presidente da CPI já havia pedido à Direção Geral do Senado a abertura de uma sindicância para apurar se houve ou não participação de servidores da Casa e de senadores no episódio. "(Quero saber) se há pessoas do Senado envolvidas no caso e, em caso afirmativo, se a conduta tem alguma imputação penal", afirmou Vital.

O presidente da CPI, contudo, descartou a possibilidade, cobrada pela oposição, de anular os depoimentos da atual presidente da Petrobras, Graça Foster, do ex-presidente da estatal José Sérgio Gabrielli e do ex-diretor da área internacional da companhia Nestor Cerveró. A suspeita, levantada no vídeo, é que o depoimento dos três teria sido combinado. 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar