Terça-Feira, 26 de Maio de 2020

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< Morre ‘herói americano’, o astronauta Neil Armstrong

Publicada em 25/08/2012 às 19:46
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

O astronauta Neil Armstrong, o primeiro homem a pisar na Lua, morreu neste sábado (25) aos 82 anos, em Ohio, nos Estados Unidos A morte foi informada à imprensa dos Estados Unidos pela família do astronauta, que emitiu um comunicado. "Ele era um herói americano relutante, porque sempre achou que só estava fazendo seu trabalho", diz trecho do texto.

No começo do mês, Armstrong passou por uma cirurgia no coração para desobstruir uma artéria coronária. Segundo os familiares, a morte é decorrente de complicações da cirurgia.

Sua família se mostrou "arrasada" e disse que o astronauta "serviu a nação com orgulho, como piloto da Marinha, piloto de provas e astronauta. Os familiares afirmaram que Armstrong era "um carinhoso marido e pai".

Armstrong tinha 39 anos quando comandou a tripulação da nave Apollo 11. Ao lado do também astronauta Edwin Buzz Aldrin, ele caminhou na Lua por quase três horas, no dia 20 de julho de 1969, vinte minutos após a nave aterrissar no satélite natural da Terra.
 
Durante o ato, realizado no auge da Guerra Fria, o astronauta americano disse a célebre frase: "Este é um pequeno passo para o homem, um salto gigantesco para a humanidade."

Alçado a herói após seu feito histórico, Armstrong evitava os microfones e as câmeras, e viveu durante os últimos 33 anos longe do público, ao lado de sua segunda mulher, em uma fazenda em Ohio.

O último pronunciamento público de Armstrong foi em novembro de 2011, quando recebeu a medalha de ouro do Congresso americano com seus companheiros da missão à Lua. (Com informações so site UOL)

 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar