Segunda-Feira, 22 de Maio de 2017 ASSINE O DIÁRIO 15.3224.4123

Diário de Sorocaba

buscar

<< Encontro de Observatório Social reúne interessados de toda região

Publicada em 05/10/2013 às 00:05
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

Interessados de toda a região participaram ontem do segundo dia da apresentação do Observatório Social do Brasil (OSB) em Sorocaba, dentro do 2º Encontro Estadual da entidade. Desde quinta-feira (3), os interessados no projeto puderam conhecer o modelo de trabalho e resultados obtidos em alguns municípios, tendo como principal objetivo otimizar e reduzir gastos públicos.

Quem também apareceu na reunião foi o personagem `Lupinha', criado pela OSB pensando em ampliar sua divulgação em escolas públicas e particulares. "Assim, as crianças levam a ideia para casa, saímos do sonho para construir um país melhor", resumiu o presidente da OSB de Campos Gerais, no interior do Paraná, Ney da Nóbrega Ribas, que também é vice-presidente de Defesa e Controle Social da entidade. 

Ontem, a programação do encontro, que ocorreu no auditório da Associação Comercial local, na rua da Penha, contou com apresentação de experiências, boas práticas do programa e capacitação, além de abordar a realizaçäo do 4º Encontro Nacional da entidade, junto a um evento da Organização das Nações Unidas (ONU), que ocorre em novembro.

IMPLANTAÇÃO - Para o empresário Elias Magurno, um dos responsáveis em trazer o projeto a Sorocaba, o número em torno de 60 participantes no primeiro dia de encontro foi satisfatório. "Se tivesse 10 pessoas já seria ótimo", asseverou ele, acrescentando que o próximo passo para a implantação de um Observatório na cidade será apresentar a ideia em universidades e entidades comunitárias, a fim de aumentar o número de voluntários e doações para manter a entidade. "É uma caminhada de conscientização e recursos", asseverou. 

Na noite de ontem, os representantes da OSB que estavam na cidade foram até Itu, para também apresentarem o modelo de trabalho aos interessados do vizinho município. Desde o final de 2012, conforme explica o empresário Alexandre Oliveira, uma rede de moradores da cidade também trabalha para divulgar ali o funcionamento do Observatório. "Queríamos uma maneira de monitorar os gastos públicos, para otimizar o trabalho e ajudar. Quando conhecemos a OSB, vimos que era o modelo mais adequado".

Através de redes sociais, o grupo se mobiliza pela causa e os interessados podem acessar o site do OSB de Itu (www.obsitu.org) também. 


 

Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar