Terça-Feira, 26 de Maio de 2020

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< Motoboy que morreu atropelado na Nogueira Padilha fez manobra proibida

Publicada em 15/05/2013 às 22:15
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

Na manhã de ontem, o motorista do caminhão que atropelou e matou o motoboy Gustavo Lucas Figueira Marques Soares, 19 anos, na alça de acesso à rua Coronel Nogueira Padilha, na tarde de segunda-feira (13), apresentou-se à polícia no 2º Distrito Policial (DP). Com um advogado e também o ajudante que o acompanhava no dia do acidente, o homem de 42 anos contou sua versão, que foi comprovada pelas imagens feitas por câmeras de segurança de uma empresa situada na mesma rua. 

Conforme as imagens cedidas à polícia pela empresa, o motoboy com uma Honda CG de cor preta tentou ultrapassar o caminhão-bomba bem na curva, perdeu-se na direção e acabou entrando embaixo do veículo, que pesa cerca de 20 toneladas. O motorista disse que ouviu apenas um barulho e que não tinha visto a moto. Então, ele parou o caminhão no posto de combustível próximo e seu ajudante foi verificar o que tinha acontecido, quando viu o motoboy já falecido na alça de acesso.

Ao delegado titular do 2º DP, José Antônio Beloti, o motorista do caminhão-bomba explicou que ficou transtornado com o ocorrido e que rapidamente vários motociclistas começaram a estacionar para ver o que tinha acontecido. Diante disso, ele ficou temeroso por represálias e foi embora para a garagem da empresa onde trabalha, situada bem próximo ao local do acidente. Conforme o delegado, o motorista é habilitado, porém estava com o documento vencido desde 2011. “Ele trabalha há mais de 20 anos como motorista e disse que nunca tinha passado por isso. No entanto, as imagens da filmagem mostram mais que palavras o que realmente aconteceu. Ele não fugiu, ele ficou temeroso pelas circunstâncias que foram se apresentando com a chegada de vários motociclistas ao local.”

O caso foi registrado como homicídio culposo e o motorista irá responder ao processo em liberdade. Um inquérito já foi instaurado e nele as imagens do acidente serão anexadas. O advogado Alex Sander Gutierres, que acompanhou o indiciado, disse que o cliente ficará temporariamente sem trabalhar até regularizar sua documentação. Gutierres disse que foi procurado pelo motorista na terça-feira e no mesmo dia ele procurou o delegado para falar sobre a apresentação, que foi feita ontem. “Ele ficou bastante abalado com o que aconteceu”, disse o advogado.

CAUTELA NO TRÂNSITO – De acordo com os investigadores que colheram as imagens, os responsáveis pela empresa contaram diversos casos de acidente de trânsito ocorridos naquela alça de acesso para quem sai da rodovia Raposo Tavares e quer entrar na cidade pela rua Nogueira Padilha. 

No entanto, não é apenas naquele ponto que o número de acidentes de trânsito tem tido aumento, ressalta o delegado Beloti. “O afluxo de veículo tem crescido, assim como o número de motoboys pelas ruas. Por isso o cuidado deve ser redobrado. É preciso respeitar as regras de trânsito e as pessoas”, enfatizou.


Moto roubada com rastreador leva ajudante de pedreiro para cadeia

Uma moto Yamaha YBR Factor, modelo 2012, roubada em Votorantim na madrugada de ontem, foi encontrada na casa de um jovem de 18 anos no Jardim Nova Esperança, em Sorocaba. A localização foi possível graças ao rastreador que o veículo possui. Pela moto, M.V.B. disse que tinha pagado R$ 30 e, por não ser reconhecido pela vítima como autor do roubo, acabou preso por receptação.

Com o sinal do rastreador, policiais militares chegaram a uma casa da rua Maria de Lourdes Ferreira por volta das 5 horas de ontem, onde encontraram apenas o irmão de B., de 29 anos. Momentos depois, o indiciado chegou dizendo que a moto lhe pertencia e que tinha acabado de comprá-la por R$ 30.  

O proprietário da moto foi acionado, mas não reconheceu nenhum dos dois rapazes como autores do roubo. Na delegacia, B. recebeu oportunidade de fiança em R$ 2.720 e seu irmão assinou o boletim de ocorrência como averiguado e foi liberado.


Cabeleireiros roubam carro e são presos após perseguição

Murilo Conceição Alves Santos e Anderson Georgeto, ambos cabeleireiros de 18 e 25 anos respectivamente, foram presos na manhã de ontem acusados por roubo. Com eles, dois adolescentes de 17 anos, que acabaram apreendidos pela forma ameaçadora com a qual subtraíram o Fiat Pálio, de cor prata e modelo 2005, de um aposentado de 56 anos.

Era por volta das 11 horas, quando o aposentado foi abordado por três dos detidos na rua Célio Moraes Lobo, Jardim Nova Ipanema. A Polícia Militar foi acionada e saiu em busca dos indivíduos. Com o apoio do helicóptero Águia, os PMs conseguiram localizar o veículo parado na esquina da Alameda Nova Conquista com a rua Chico Xavier, no bairro Ana Paula Eleutério; porém sem ninguém dentro. Mas populares mostraram aos agentes a direção que os quatro indivíduos tomaram ao descer do carro. Com isso, eles foram encontrados na rua Nova Conquista. 

Em contato com o proprietário do Fiat Pálio, esse contou que tinha sido abordado por três dos detidos - Murilo, Anderson e um dos adolescentes - que, assim que roubaram o veículo sob grave ameaça, fugiram, mas um deles entrou no lado do passageiro de outro carro, um VW Gol, que o aguardava ali perto.

Diante do reconhecimento da vítima, os detidos foram conduzidos à delegacia do plantão norte, onde o delegado determinou a apreensão dos dois menores pela grave ameaça, e prisão dos cabeleireiros. O veículo foi devolvido ao aposentado.


Cadeirante e comparsa roubam comércio usando facão como arma

Por volta das 18 horas de terça-feira, o Centro de Operações da Polícia Militar (Copom) acionou uma viatura que patrulhava pela Vila Assis informando sobre um roubo a estabelecimento comercial situado na rua Cervantes. A informação passada aos policiais apontava ainda que um dos autores do crime era cadeirante. 

Como estavam próximos àquela rua, os policiais logo encontraram um cadeirante sendo empurrado por outra pessoa. Abordados, eles foram identificados como Ezequiel Balbino, 36 anos, e Leonardo Henrique Florindo, de 27. Em revista pessoal, os PMs encontraram um facão com Florindo e uma faca com Balbino, que estava sentado sobre ela na cadeira de rodas.

Já os produtos roubados, três pacotes de café em pó, dois pacotes de salgadinhos e quatro pacotes de pipoca para microondas, foram encontrados na mochila que Balbino carregava. Os dois voltaram ao local do roubo com os militares, onde as vítimas contaram o modo como aconteceu o crime.

De acordo com o proprietário do estabelecimento, Florindo o ameaçou com o facão, enquanto o cadeirante roubava os produtos. A vítima reconheceu a dupla, que foi apresentada no plantão policial sul e em seguida recolhida ao Centro de Detenção Provisória (CDP).

DOIS DETIDOS POR FURTO – A informação passada via Copom de que um indivíduo havia furtado objetos de uma loja de veículos situada no centro da cidade, fez outra equipe da PM deter Ed Carlos Bueno da Silva, 32 anos, na rua Tamandaré, no início da madrugada de ontem.

Ao ver a viatura policial, o denunciado colocou no chão os objetos que carregava e começou a mexer num contêiner de lixo. Ele foi abordado e revistado, mas nada de ilícito tinha. Os objetos que ele carregava eram um aspirador de pó e um carregador de bateria, furtado da loja. Silva recebeu voz de prisão e foi levado à delegacia, onde acabou autuado por furto.

Também o funileiro José Marcos Bonfim, 36 anos, foi autuado por furto qualificado, após ser abordado por PMs no bairro Júlio de Mesquita Filho, por volta das 9h30 de ontem. Bonfim foi flagrado correndo pela rua Lamartine Babo com uma caixa plástica nas mãos. Abordado, os PMs verificaram que ele carregava 32 garrafas de cerveja vazias. Aos agentes, ele confessou que tinha subtraído a caixa de uma casa, cuja vítima foi acionada e reconheceu os produtos furtados. O funileiro foi preso em flagrante. 


PM apreende mais de 20 kg de drogas em Votorantim

Dois indivíduos abordados por policiais militares, na noite de terça-feira, no bairro Novo Mundo, em Votorantim, ajudaram na prisão de Maicon Wilian Rodrigues Modesto, 21 anos, que tinha em sua casa mais de 20 kg de drogas.

Por volta das 17 horas, a equipe formada pelo sargento Eduardo e soldados Carriel e Fred patrulhava pelo bairro, quando avistou dois indivíduos em atitude suspeita. Ao abordarem a dupla, os PMs constataram que um dos rapazes já tinha antecedente criminal por roubo. Com a dupla nada de ilícito encontraram.

Porém, próximo ao local em que os rapazes estavam, a equipe localizou uma pequena quantidade de drogas. Sobre ela, eles alegaram que não lhes pertencia e passaram o endereço do suposto proprietário da porção. 

Depois de notificado sobre a denúncia, Maicon acompanhou a revista feita pelos PMs em sua casa e viu o momento em que eles encontraram 19,930 kg de maconha, 900g de crack e 780g de cocaína. Além das drogas, havia uma carta remetida por um indivíduo que estaria preso. Nessa carta, Maicon era notificado de que ele seria o responsável pelo tráfico daquela área.

Os três detidos foram encaminhados à delegacia local, onde o boletim de ocorrência por tráfico de drogas foi registrado. Maicon foi preso em flagrante e os outros dois indivíduos permaneceram à disposição da Justiça.


 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar