Domingo, 31 de Maio de 2020

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< Consumidores aproveitam sábado ensolarado para comprar presentes Milhares lotaram as ruas do Centro em busca do melhor preço e do brinquedo desejado

Publicada em 06/10/2012 às 21:06
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

Crianças ficam indecisas no meio de tantos brinquedos (Foto: Fernando Rezende)
Com o Dia das Crianças se aproximando (12 de outubro), milhares de sorocabanos circularam pelas ruas do Centro ontem para pesquisar preços e comprar presentes. Alguns preferem garantir com antecedência os brinquedos, já outros acabam deixando para a última hora. A cozinheira Damiana de Araújo, mãe do Rodrigo, de dois anos, quer comprar um exemplar do Patati Patatá, mas acha que o preço está alto. “Geralmente deixo para comprar uma semana antes do Dia das Crianças, mas ‘tô’ achando meio salgado o preço. Vou dar mais uma pesquisada”, diz.

De acordo com os comerciantes, o movimento começou a crescer já na segunda quinzena de setembro. A gerente Sabrina Rossi, que trabalha em uma loja no Bulevar Barão do Rio Branco, afirma que ontem foi um dos melhores dias de faturamento. “Eletrônicos e lançamentos de marcas conceituadas são os itens que mais têm saída. As vendas cresceram muito nas últimas duas semanas”. Sabrina afirma, também, que a expectativa é de movimento ainda mais intenso durante esta semana e na véspera do dia 12.    

A promotora de vendas, Cristine Oliveira, saiu de casa para comprar o presente da sobrinha Bianca, 4 anos, e conta que costuma procurar o brinquedo em cima da hora. “Ainda não comprei nada, estou só pesquisando os preços, que, por sinal, estão bem acessíveis. Durante a semana compro alguma coisa.” Já a recepcionista Carla Guimarães está pesquisando preços desde o começo de outubro, e ontem levou nas sacolas alguns brinquedos que, segundo ela, estão com valores muito bons. “Os preços deste ano estão bem melhores do que do ano passado.” Da mesma opinião partilha a dona de casa Lucilene Maria, que foi às compras para a filha Gabriele, 7 anos. “Estou levando para ela uma lousinha e um conjunto de salão de beleza. Costumo comprar uma semana antes do feriado, e neste ano os preços estão mais baixos que em 2011”, conta.

Marcelo Takeo Saito, proprietário de um estabelecimento na Rua da Penha, afirma que o Dia das Crianças serve como termômetro para o Natal. Isso significa que, se o faturamento for alto durante os dias que antecedem o feriado de 12 de outubro, o Natal deverá ter o mesmo sucesso de vendas ou até mais. “Hoje (ontem) está sendo um dos melhores dias, muito movimento, muita saída de mercadorias. O povo pesquisa durante a semana e deixa para comprar no sábado.” 


Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar