Segunda-Feira, 25 de Maio de 2020

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< Santos comemora 100 anos com série de eventos na Vila

Publicada em 15/04/2012 às 01:13
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

Neymar, o governador Geraldo Alckmin e o Rei Pelé em festa na Vila Belmiro (Foto: Rivaldo Gomes/Folhapress)
Com a presença do Rei Pelé e o lançamento do uniforme III, o aniversário de 100 anos do Santos foi comemorado neste sábado (14) com uma grande festa na Vila Belmiro. As comemorações foram abertas com um amistoso entre veteranos do clube. Em seguida, as crianças participantes do “Nós contra a Rapa” entraram em campo com 100 troféus levantados pelo Peixe ao longo de sua história. E, com uma recepção calorosa, Pelé chegou de helicóptero no gramado acompanhado de um sortudo Sócio Rei. Já com a presença do presidente santista Luis Alvaro, o elenco do Alvinegro Praiano entrou em campo com o uniforme azul para o jogo festivo diante de 100 crianças.

Com o apito inicial, um mar de santistas mirins realizou o tão sonhado feito de atuar no gramado da Vila. A festa teve gols da garotada, Edinho jogando no gol da molecada, Neymar jogando um tempo para cada lado, pênalti com três goleiros e muita comemoração por parte dos jogadores e comissão técnica santistas. No placar, 2 a 2, com tentos santistas anotados por Edu Dracena e PH Ganso.

JOGO CONTRA CATANDUVENSE - Na semana cheia de treinamentos no CT Rei Pelé, o treinador do Santos, Muricy Ramalho, promoveu uma mudança na equipe titular em um de seus coletivos, ao colocar Elano na vaga de Ibson. Na sexta-feira (13), o comandante santista confirmou o camisa 8 no time que enfrenta o Catanduvense neste domingo.

Outro jogador que pode pintar em campo hoje é o lateral esquerdo Léo, já liberado pelo departamento médico após passar por uma artroscopia no joelho direito, no início de fevereiro. “Depende mais do Léo, que é um jogador experiente. Nas duas vezes que o consultamos, sentiu que não estava pronto. Quando ele achar que está bem para voltar, será convocado. Ele é que tem que sentir se está bem”.
 
  
 
Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar