Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< Escola do Rio Acima entra em fase de acabamento

Publicada em 14/02/2012 às 21:52
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

Nova escola do Rio Acima será direcionada à Educaçäo Infantil, liberando a vizinha `Izabel Ferreira Coelho' ao Ensino Fundamental (Foto: Secom/PMV)
O novo prédio escolar que está sendo construido no bairro do Rio Acima, na rua Joaquim Ferreira, esquina com a José Gori, pela Prefeitura de Votorantim, por meio da Secretaria de Obras e Urbanismo, está entrando na fase de acabamento. Será denominada "Profª. Célia Chiozoto Marinoni". Estão sendo realizados os serviços de preparo de paredes e portas, pintura interna, instalação de forro de PVC, concretagem da rampa de acesso e passeio externo ao redor do prédio, além da conclusão do assentamento de revestimento cerâmico nas paredes externas e colocação de gradis metálicos externos. 

A Escola contará com quatro salas de aula, espaço de multimeios, cozinha, despensa, sanitários e setor administrativo. O local atenderá alunos de Ensino Infantil e, com isso, Escola "Izabel Ferreira Coelho", que fica ao lado, oferecerá somente o Ensino Fundamental.

XADREZ É NOVIDADE NAS OFICINAS DO `EDUCAÇÃO EM TEMPO INTEGRAL' - O Programa "Educação em Tempo Integral", desenvolvido pela Prefeitura de Votorantim, por meio da Secretaria de Educação, promove diversas atividades extracurriculares para os alunos da rede municipal. Em 2012, há uma novidade nas oficinas de Jogos de Mesa, o Xadrez, direcionado para os estudantes matriculados no 5º ano do Ensino Fundamental.

Além de ser um dos jogos de tabuleiro mais antigos do mundo, o Xadrez também é reconhecido como um dos principais aliados na hora de desenvolver o raciocínio lógico, ajudando também dentro da sala de aula. O professor Jaime Nunes Mendes é um dos especialistas neste esporte e comenta que "o estudo do tabuleiro de Xadrez relaciona-se a conteúdos de Matemática e Geometria também, tornando-se uma ferramenta para um ensino prazeroso e eficaz".

Para preparar os 40 profissionais que trabalharão na Oficina, um programa de formação e orientação acerca da sustentabilidade ambiental será desenvolvido, como a confecção de materiais recicláveis para a construção do tabuleiro e das peças. Dentre as 14 unidades escolares que fazem parte do Programa e desenvolvem oficinas de jogos de mesa, oito serão beneficiadas com a novidade: Gilberto Santos, no Parque Jataí; Lucinda Rodrigues Pereira Inácio, no Parque Bela Vista; João Ferreira da Silva no Itapeva; Edith Maganini, no Vossoroca; Mercedes Santucci, no Jardim Novo Mundo; Abimael Carlos de Campos, na Vila Dominguinho; Gerson Soares de Arruda no Parque São João e Izabel Ferreira Coelho, no bairro do Rio Acima. 


Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar