Sexta-Feira, 29 de Maio de 2020

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< Comissão de Ética da Câmara ouve último depoente Relatório final sobre participação de vereador na Festa Junina será entregue em 7 de outubro

Publicada em 28/09/2011 às 20:04
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

O secretário municipal da Administração foi sabatinado ontem pela Comissão de Ética (Foto: Divulgação/CMS)
A Comissão de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara Municipal ouviu na manhã desta quarta-feira (28) o secretário municipal de Administração, Mário José Pustiglione Júnior, sobre o possível pagamento feito ao vereador Emílio Souza de Oliveira (Ruby) por sua participação como cantor na 32ª Festa Junina Beneficente, em junho. Questionado sobre o não pagamento das bandas - fato informado pelos integrantes da Banda Êxtase em oitiva anterior -, o secretário esclareceu que isso não é competência da Pasta e que tem informações de que o pagamento está sendo feito por indenização pela Secretaria de Finanças, sob manifestação jurídica e determinação do prefeito Vitor Lippi.

Segundo o secretário, o que cabe à Administração são os contratos que, no caso da Festa Junina, não foram feitos, pois o documento da Secretaria de Cultura chegou no dia 9 de junho, quando a Festa já havia começado. "A Secretaria de Administração só contrata o que ainda não aconteceu, o que já aconteceu não está na esfera da Pasta", justificou Pustiglione Júnior.

ANDAMENTO DO PROCESSO - Encerrada a fase de instrução da Comissão de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara, o vereador Emílio Ruby terá, agora, vistas ao processo para alegações finais e, no dia 7 de outubro, os membros da Comissão recebem o parecer do relator. Em seguida, o relatório do caso será votado pelo Plenário da Câmara em sessão extraordinária.

Após denúncia do Ministério Público em 7 de julho, o processo disciplinar contra o vereador Ruby foi aberto em 23 de julho. Em 16 de agosto, a Comissão de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara decidiu pelo prosseguimento dos trabalhos. Dez membros compõem a Comissão: o presidente José Antônio Caldini Crespo (DEM), o relator Rozendo de Oliveira (PV) e os vereadores Antônio Carlos Silvano (PMDB), Anselmo Neto (PP), Hélio Godoy (PTB), José Francisco Martinez (PSDB), Benedito de Jesus Oleriano (PTB), Gervino Gonçalves (PR), Irineu Toledo e Francisco França da Silva (PT).

Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar