Terça-Feira, 2 de Junho de 2020

Diário de Sorocaba





Leia a edição impressa na íntegra


Clique aqui para acessar a edição do dia
buscar

<< 'Se Beber, Não Case 2' é única estreia de hoje

Publicada em 26/05/2011 às 21:59
Compartilhe: IMPRIMIR INDICAR COMENTAR

O filme é estrelado novamente por Bradley Cooper, Ed Helms e Zach Galifianikis (Foto: Divulgação)
Os cinemas de Sorocaba recebem hoje uma única estreia: a comédia norte-americana "Se Beber, Não Case 2", do diretor Todd Phillips. Em 2009, o primeiro filme arrecadou espantosos 468 milhões de dólares, tornando-se a comédia de classificação R (menores de 17 anos só podiam vê-la acompanhados de um responsável) de maior sucesso de todos os tempos.

A segunda parte do longa é estrelada novamente por Bradley Cooper, Ed Helms e Zach Galifianikis (além de uma macaca que vende drogas e rouba a cena). Desta vez, porém, é o dentista Stu (Helms) quem vai se casar, em Bangcoc. É claro que o que vem a seguir é muita confusão e comportamento impróprio.  

As primeiras resenhas dizem que a sequência é uma cópia quase exata do original. O Variety (site norte-americano de entretenimento) disse que o novo filme é "pouco mais que uma cópia pálida do primeiro", mas o Hollywood Reporter opinou: "O que acontece em Bangcoc não é tão divertido quanto foi quando aconteceu em Vegas - mas vale a pena fazer a viagem, mesmo assim".

Confira a sinopse: Phil (Bradley Cooper), Stu (Ed Helms), Alan (Zach Galifianakis) e Doug (Justin Bartha) viajam para a exótica Tailândia para o casamento de Stu. Após a despedida de solteiro inesquecível, em Las Vegas, Stu optou por um seguro e sossegado café da manhã para a festa de pré-casamento. No entanto as coisas nem sempre saem como planejado. O que acontece em Las Vegas pode ficar em Las Vegas, mas o que acontece em Bangkok não pode sequer ser imaginado.

CURIOSIDADES - Mel Gibson foi anunciado no elenco, mas foi dispensado um dia depois. O ator tem passado por problemas com sua imagem, incluindo um violento divórcio, problemas com álcool, comentários antissemitas e declarações polêmicas. A equipe da comédia se manifestou contra sua participação, e em seu lugar foi chamado Liam Neeson. 

O trio principal, Zach Galifianakis, Bradley Cooper e Ed Helms, receberão 10 vezes mais do que ganharam com o primeiro filme. Juntos, ganharam menos de US$ 1 milhão pelo original. Na sequência, cada ator receberá US$ 4 milhões.

'Piratas do Caribe 4' segue
dominando as salonas 

Outra sugestão de filme que o DIÁRIO apresenta ao leitor é o badalado "Piratas do Caribe 4", que ainda ocupa boa parte das salas de cinema de Sorocaba, em versões 3D (confira a programação na página seguinte). Com Johnny Depp e Penélope Cruz encabeçando o elenco, o filme leva o pirata Jack Sparrow para novas aventuras, desta vez sem a companhia de Orlando Bloom e Keira Knightley, que não retornam nesta sequência. 

Na trama, os caminhos de Jack Sparrow (Johnny Depp) cruzam com os de uma mulher de seu passado, Angelica (Penélope Cruz) para encontrar a Fonte da Juventude. A relação dos dois beira à saudade de um antigo amor e o interesse próprio dos piratas, deixando ao público decidir ao longo do filme, com diversos diálogos ambíguos, do que se trata de fato.

Quando Angelica força Sparrow a embarcar no navio de Barba Negra (Ian McShane), - o novo vilão da trama - o pirata descobre que o perigo pode ser muito maior com uma ex-amante ao seu lado, ainda mais pelo fato de ela ser filha do temível Barba Negra. Davy Jones aparece e tem um papel crucial no filme.

No elenco estão ainda Keith Richards como Capitão Teague, pai de Sparrow, Geoffrey Rush retorna como Barbossa, Stephen Graham (Scram, pirata ajudante de Sparrow), Sam Claflin (o missionário Philip), Astrid Bergès-Frisbey, Kevin McNally, Gemma Ward e Max Irons.
 
 

Não há comentários nessa notícia.Seja o primeiro a comentar